NOTÍCIAS

Cássio Soares pede prudência com o Regime de Recuperação Fiscal

Postado em 29 de Maio de 2019

O deputado estadual Cássio Soares solicitou prudência na análise de adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF) do governo federal. O parlamentar alertou aos colegas deputados durante Reunião Ordinária de Plenário na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), ocorrida terça-feira, 29 de maio.

 

“O Rio de Janeiro foi o único Estado da nossa Federação, até hoje, a aderir o plano de Recuperação Fiscal do governo federal. E agora, a Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ) possui uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), para apurar o caminho trilhado pelo governo para aderir ao plano de recuperação que aumentou a dívida do Estado com a União” apontou o deputado Cássio Soares.

 

Em evento ocorrido na última quarta-feira, 22 de maio, na cidade de São Paulo, Romeu Zema afirmou que Minas Gerais vai entrar no Regime de Recuperação Fiscal do governo federal, segundo o governador, a única medida capaz de tirar o Estado mineiro da crise.

 

Para adesão ao RRF, o governo federal exige principalmente, medidas de austeridade fiscal. O governador mineiro ressaltou que pretende realizar a venda de empresas estatais e também congelar contratações de funcionários públicos e reajustes, que ficarão limitados à reposição da inflação.

 

“Nós precisamos de um diálogo aberto, franco e exaustivo, para que possamos avaliar os pontos positivos e negativos, para finalmente saber se o regime fiscal do governo federal será benéfico aos mineiros”, acrescentou Cássio Soares.

 

DEIXE SEU E-MAIL E RECEBA NOTÍCIAS