NOTÍCIAS

Governo vai assinar contrato para instalação de torres de celular em distritos

Postado em 11 de Março de 2014

Nesta sexta-feira, 14 de março, será realizada a cerimônia de assinatura do contrato entre o Governo de Minas e a empresa Telefônica/Vivo que vai implantar o serviço de cobertura celular e comunicação de dados em 692 distritos de 359 municípios mineiros, beneficiados pelo Programa Minas Comunica II. O anúncio foi feito nesta segunda-feira, pelo secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social, deputado estadual Cássio Soares. A solenidade será realizada às 11h no Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa em Belo Horizonte. Da região, 21 distritos de municípios, incluindo a Serra da Canastra, irão receber sinal por torre de telefonia celular através do Programa. A Telefônica/Vivo foi a vencedora do certame. A empresa apresentou o valor final de R$ 112 milhões para o serviço. Com a proposta, o Governo de Minas terá uma economia de 18,75% ante o valor de referência fixado em R$ 138,4 milhões. “Mais uma etapa concluída, isso mostra que o Governo de Minas tem mostrado agilidade e eficiência para implantação dos serviços do Minas Comunica II em nossos distritos. Essa é uma das maiores reivindicações recebidas em meu gabinete. Um anseio grande da população, que  precisa ser realidade”, declarou Cássio Soares. Nesta etapa do programa, serão beneficiados os distritos de Divino Espírito Santo (Alterosa), São Bartolomeu de Minas e Serra dos Lemes (Cabo Verde), Córrego do Ouro (Campos Gerais), Itaci (Carmo do Rio Claro), Babilônia e Olhos D’Água da Canastra (Delfinópolis), Araúna (Guapé), Santa Cruz do Prata (Guaranésia), além de Juréia e Santa Cruz da Aparecida (Monte Belo). Receberão a torre para sinal de celular, ainda, os distritos de Milagre (Monte Santo de Minas), Petúnia (Nova Resende), Santo Hilário (Pimenta), Ferreiras e Ribeiros (São Gonçalo do Sapucaí), São José do Barreiro e Serra da Canastra (São Roque de Minas), Guardinha (São Sebastião do Paraíso), São Sebastião dos Cabrestos/Campinópolis (Vargem Bonita). De acordo com o Governo de Minas, A meta é, até o final deste ano, levar o serviço de telefonia celular a 50% de todos os distritos contemplados com o programa. O projeto deverá ser concluído até fevereiro de 2016, ou seja, 24 meses após a assinatura do termo de compromisso com o vencedor do chamamento. “O sinal de telefonia celular hoje significa não só conforto, segurança, mas, fundamentalmente, para o homem do campo e para o produtor rural, oportunidades de negócios, informação, acesso às notícias e, é claro, prosperidade e desenvolvimento”, garante o secretário.   O programa A empresa receberá incentivos fiscais para implantar o serviço em distritos dos municípios mineiros ainda não atendidos e previstos no edital. O serviço deverá ser prestado em conformidade com a regulamentação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), aplicável ao SMP. Como previa no edital, a VIVO terá que oferecer o serviço com tecnologia mínima 3G (padrão UMTS). Caso opte por introduzir uma nova tecnologia, deverá garantir que as modificações não comprometam o funcionamento normal do serviço. O serviço de transmissão de dados deverá ter capacidade de suportar velocidades de, no mínimo, um Mbps, em condições normais de operação. A oferta de mobilidade e roaming também é obrigatória, nos termos das regras da Anatel. O serviço prestado também deverá oferecer planos de serviço (pré e pós-pagos).

DEIXE SEU E-MAIL E RECEBA NOTÍCIAS