NOTÍCIAS

Cássio Soares consegue a liberação de R$ 1 milhão para a Santa Casa de Passos

Postado em 12 de Dezembro de 2012

Através de empenho do secretário de Desenvolvimento Social, deputado estadual Cássio Soares, o governo do Estado, através da Secretaria de Saúde, liberou pouco mais de R$ 1mi para liquidação de atendimentos excedentes à quota do Sistema Único de Saúde. O recurso representa um terço da dívida com esse tipo de atendimento, porém, segundo o Diretor Executivo do hospital, Daniel Porto Soares, é um alívio para o momento em que precisa liquidar algumas dívidas urgentes, como o pagamento do 13º salário dos mais de 1.300 funcionários.

De acordo com o provedor da Santa Casa, Vivaldo Soares Neto, há mais de um ano foi solicitado ao Estado que fizesse a quitação dos atendimentos excedentes. Porém, como afirma, após o empenho de Cássio Soares parte do pagamento foi conseguido e há promessa de que o restante também seja quitado. “Agradecemos o empenho do deputado. A situação continua delicada, mas agora dá para ‘respirar’ um pouco”, garante.

Dentre os principais custos que mais oneram a Santa Casa, está o atendimento de média complexidade, que em 2011 custou R$ 1,2 mi a mais do que foi repassado pelo SUS. Nos primeiros seis meses deste ano, esse valor chegou a R$ 365 mil. Diárias da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e o serviço de alta complexidade da oncologia e hemodiálise também aumentam os custos. “Esse é um momento agressivo, de crise sistêmica em todo o setor. Se não tivéssemos essa solução agora, teríamos sérios problemas futuros. Esse é um alívio para o momento que estamos passando”, diz Daniel.

O pedido do pagamento da dívida foi feito por Cássio ao Secretário de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques. Por duas vezes eles estiveram reunidos para tratar do assunto, onde Cássio mostrou a importância do recurso para a sobrevivência do hospital, que é referência em atendimentos de alta complexidade na região. Segundo o provedor, é uma vitória o Estado reconhecer essa dívida e efetuar parte do pagamento.

Urgência e Emergência

Outra conquista recente para a Santa Casa foi o credenciamento do hospital para o atendimento de Urgência e Emergência em neurologia (Acidente Vascular Cerebral), traumatologia e cardiologia. Para o atendimento, o hospital irá receber do Estado a quantia de R$ 6 milhões ao ano. Com isso, torna-se possível as adequações para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), que será implantado pelo Estado entre fevereiro e maio do próximo ano.

“O Cássio Soares foi uma força a mais em todo o processo. É uma decisão que depende de um conjunto de forças do governo. A participação dele, com certeza, contribuiu para sensibilizar o governo a receber esse alívio, mesmo que parcial. A luta continua”, garante Daniel Porto.

Para Cássio Soares, o atendimento adequado à comunidade é a maior busca de seu mandato. “Essa é mais uma atitude que coroa nossa luta em prol da população de Passos e de toda a região”, afirma o deputado.

DEIXE SEU E-MAIL E RECEBA NOTÍCIAS