NOTÍCIAS

Consumidores podem pedir revisão de contas da CEMIG.

Postado em 17 de Junho de 2020

O deputado estadual Cássio Soares, líder do Bloco Liberdade e Progresso na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, divulgou que, após diversas cobranças para que a CEMIG fizesse a revisão das contas de milhares de consumidores que se sentiram lesados com aumento abusivo da energia, a empresa abriu um canal de atendimento para que os consumidores possam solicitar a revisão de suas contas. A notícia foi dada pelo deputado Cássio em suas redes sociais na tarde da última semana.

 

Para saber como proceder, basta acessar o link do canal do Youtube do deputado Cássio https://bit.ly/cemigrevisao e ver os passos que devem ser seguidos para solicitar a verificação das contas de maio e junho, que vieram acima da média dos últimos 12 meses.

 

Segundo o parlamentar, a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) abriu o canal após diversas cobranças realizadas por ele e pelos demais deputados na Assembleia Legislativa, já que milhares de mineiros, que se sentindo prejudicados, procuraram os parlamentares e fizeram suas reclamações diante do aumento expressivo de suas contas referentes aos meses de afastamento social.

 

“Conseguimos. Depois de muitas cobranças, coleta de informações e pedidos para que os altos valores fossem esclarecidos pela CEMIG, agora, a companhia vai rever as contas do nosso povo mineiro que foi prejudicado com possíveis erros de leitura”, afirmou o deputado.

 

Para que a conta de energia seja verificada pela CEMIG, o primeiro passo é anotar o número da leitura atual que consta no relógio de energia. Essa leitura e o CPF do titular da conta devem ser enviados para o WhatsApp da CEMIG (31) 3506-1160. Depois, é só aguardar as orientações da Companhia.

 

 

Cobranças

 

 

As cobranças por uma resposta concreta acerca do porquê do aumento, em casos que não houve mudança no consumo, iniciaram em 06 de maio, quando o presidente da Cemig, Reynaldo Passanezi Filho, esteve na Assembleia Legislativa e respondeu a questionamentos como a elevação das contas de energia.

 

Insatisfeito com a resposta e vendo que não condizia com as reclamações feitas pelos consumidores, o deputado Cássio Soares redigiu um relatório com algumas das contas de energia recebidas, mostrando que os apontamentos dos consumidores estavam divergentes da fala do presidente na audiência, já que, segundo o presidente da empresa, a medição do consumo estava sendo feita por média. Outros parlamentares também encabeçaram essa cobrança.

 

Somente o deputado Cássio Soares recebeu 1.196 queixas, por meio de redes sociais e e-mail. E com base nas análises feitas, os consumos apurados pela Companhia nos meses de março e abril superaram a média do consumo anual. Então, foi enviado um requerimento protocolado na Mesa Diretora da Assembleia, encaminhando o relatório e o pedido de informações concretas sobre o aumento das contas de energia.

 

 

Incoerências encontradas na análise das contas enviadas

 

 

Na análise das contas enviadas por meio de requerimento, foram encontradas diversas incoerências, visto que algumas contas com média de uso de 160 KWh nos meses anteriores, tiveram lançamento de consumo 250 KWh em março. Em outros casos, a leitura atual apontada na conta é bem distante do que aparece no medidor de energia.

DEIXE SEU E-MAIL E RECEBA NOTÍCIAS