NOTÍCIAS

Cássio Soares cobra, mais uma vez, a conclusão das obras na Rodovia que liga Pimenta à Guapé

Postado em 10 de Março de 2020

Diante das más condições do trecho da MG-170, que está com suas obras paralisadas desde 2014, o deputado estadual Cássio Soares cobrou, novamente, a conclusão da obra na rodovia que liga Guapé a Pimenta. Dessa vez, o parlamentar fez a solicitação ao Diretor-Geral do Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DEER), Fabrício Torres Sampaio e ao Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade de Minas Gerais (SEINFRA), Marco Aurélio de Barcellos.

 

A reivindicação ocorreu nesta terça-feira, 10 de março, em Belo Horizonte. A Rodovia MG-170 tem grande importância para o desenvolvimento econômico e social da região, em especial, o trecho que liga os municípios de Pimenta e Guapé, visto que as cidades são grandes produtoras agrícolas e necessitam de uma via segura para que façam o escoamento da produção.
 

Nesse sentido, Cássio Soares vem cobrando insistentemente que os órgãos responsáveis concluam a obra de aproximadamente 13 quilômetros restantes, já que a pavimentação do trecho teve início em 2012 através do programa “Caminho de Minas”, mas teve sua execução paralisada há seis anos.

 

Desde então, a população e todos que trafegam na MG-170 correm risco, já que a via não oferece aos condutores a segurança necessária, principalmente para os moradores dos municípios de Pimenta e Guapé, que utilizam com mais frequência o trecho. Cássio solicitou também que fossem feitos reparos imediatas dos danos causados pelas chuvas nos últimos anos, em especial, dos últimos meses, principalmente na Serra do Juca, que foi gravemente impactada.

MG-170 atualmente
MG-170 atualmente

 




























“As consequências são essas, uma rodovia inacabada, na qual os problemas vão acontecendo até perder, praticamente, o que foi feito”, ressaltou Cássio.

 

Essa não é a primeira vez que o parlamentar cobra o término das obras na MG-170, Cássio já fez diversas solicitações, tanto ao Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem do Estado de Minas Gerais (DEER), quanto à Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade de Minas Gerais (SEINFRA). Uma de suas reivindicações recentes sobre o assunto é a reavaliação do valor necessário para finalizar o restante da obra, apontado pelo DEER como sendo de R$ 42 milhões.

 

“O nosso povo espera e precisa da concretização dessa estrada e continuarei buscando a solução, pois esse é o meu papel, cobrar até que a população tenha o que merece e que é seu por direito”, garantiu deputado.

DEIXE SEU E-MAIL E RECEBA NOTÍCIAS