ARTIGOS

Dia Nacional do Aposentado

Postado em de de

Em 24 de janeiro de 1923 foi publicada a Lei Eloy Chaves, que estabeleceu a criação da Caixa de Aposentadorias e Pensões para os empregados de todas as empresas privadas das estradas de ferro. Até então, a Previdência Social só atendia funcionários do governo federal.

Desde então, a situação evoluiu e atualmente o benefício abrange não somente os funcionários da iniciativa pública e privada, como também os trabalhadores domésticos e autônomos. Nesta data é comemorado o Dia Nacional do Aposentado.

A aposentadoria é um assunto que possibilita variadas abordagens, abrangendo diversas dimensões: econômica, social, entre outras. Neste momento, porém, opto por colocar em foco uma outra dimensão: a psicológica ou emocional.

Vários estudos já versaram sobre o assunto e as estatísticas comprovam: a aposentadoria é um marco de passagem que gera angústia e dúvidas nos indivíduos que estão prestes a se aposentar ou já aposentados. A transição do ciclo produtivo da vida para a inatividade profissional costuma ser brusca.

É fenômeno relativamente recente, o início da preocupação com a preparação para a aposentadoria. Hoje em dia, os Programas de Preparação para a Aposentadoria (PPAs) existem e encontram-se em progressiva expansão.

Estes programas abordam diversos temas relativos à passagem para esta nova etapa, tais como: mudança na forma de estruturar o tempo; mudança nas relações sociais; implicações psicológicas, sociais, familiares, financeiras; a importância e a forma de buscarem alternativas de uso das capacidades e talentos, entre outros.

No Brasil, sob o ponto de vista cultural, existe também uma associação da aposentadoria ao ócio, à falta de função e à velhice; pré-conceitos que definitivamente não correspondem à realidade e que, infelizmente, não se limitam aos que ainda se encontram no mercado de trabalho, mas atingem também os próprios aposentados (em seu auto-conceito).

A sociedade e seus cidadãos devem parar de enxergar na aposentadoria uma sentença de cunho negativo e vê-la como o benefício e o direito que ela realmente representa, lembrando sempre que aposentadoria não é sinônimo de improdutividade e que todo cidadão, aposentado ou não, pode fazer a sua parte na construção de uma sociedade melhor.

Aos aposentados, meus sinceros parabéns e agradecimento pelos anos de prestação de serviço e contribuição à construção e progresso da nossa sociedade.

DEIXE SEU E-MAIL E RECEBA NOTÍCIAS